Olimpíadas Rio 2016

Tocha Olímpica chega ao Rio e prefeito diz que cariocas precisam celebrar a Olimpíada

eduardo paes tocha olimpica

Eduardo Paes, prefeito do Rio, recebeu a chama olímpia e foi o primeiro a conduzi-la na manhã de hoje, 3.

Foto: Fernanda Rouvenat/G1

A chama olímpica chegou ao Rio de Janeino há menos de dois dias para a abertura oficial dos jogos na cidade. Conduzida pelo atleta olímpico Lars Grael, em uma cerimônia oficial na Escola Naval, a chama chegou de barco pela Baía de Guanabara, vinda de Niterói, na Região Metropolitana. O governador em exercício, Francisco Dornelles, e do presidente do Comitê Olímpico, Carlos Arthur Nuzman, também acompanharam Lars no percurso.

Eduardo Paes, prefeito do Rio, recebeu a chama olímpia e foi o primeiro a conduzi-la na manhã de hoje, 3. “Aproveito esse momento para convocar todos os brasileiros cariocas para importância desse momento. Esse é um projeto de uma cidade que quer enfrentar seus desafios. Estamos recebendo um conjunto enorme de visitantes. O mundo nos olha com as nossas dificuldades, e, acima de tudo, com as grandes qualidades desse fantástico país que é o Brasil. Que nós possamos nos próximos 20 dias receber os visitantes e mostrar a capacidade de celebrar e vibrar do povo da nossa cidade. Viva os jogos olímpicos, bem-vinda chama olímpica a mais linda de todas as cidades”, disse Paes.

Trajetória da tocha

Eduardo Paes passará a tocha olímpica para Rebeca Moraes dos Santos, aluna do 9º ano do Ginásio Experimental Olímpico Juan Antonio de Samaranch, em Santa Teresa. Rebeca irá da Estação Santos Dumont do VLT, onde a chama olímpica embarcará no novo meio de transporte público da cidade, até a Cinelândia. Renata entregará o fogo às mãos do gari Renato Sorriso, que acenderá o primeiro Marco Olímpico. Então, a tocha seguirá até a Cidade do Samba. De lá, parte para Duque de Caxias.

To Top