Por que minha criança faz xixi na cama? - Brasil News
Saúde

Por que minha criança faz xixi na cama?

Essa condição, conhecida popularmente como “xixi na cama”, acomete cerca de 15% das crianças por volta dos 5 anos; 7%, aos 10 anos e 3%, aos 12 anos

por Valda Lopo

E

nurese noturna é um distúrbio que se caracteriza pela perda involuntária de urina durante o sono, pelo menos duas vezes por semana, em crianças a partir dos 5 anos idade, que não apresentam nenhum problema orgânico no sistema urinário. Essa condição, conhecida popularmente como “xixi na cama”, acomete cerca de 15% das crianças por volta dos 5 anos; 7%, aos 10 anos e 3%, aos 12 anos. A incidência é maior nos meninos do que nas meninas.

Classificação

A enurese noturna nas crianças pode ser classificada em: 1) Enurese noturna primária – quando a criança com cinco anos ou mais nunca apresentou um período prolongado de controle da urina durante o sono; 2 ) Enurese noturna secundária – quando, sem causa aparente, a criança volta a fazer xixi na cama depois de ter passado seis meses, no mínimo, sem molhar a cama. Neste caso, parece estar associada a acontecimentos sociais e familiares estressantes.

Causas

Vários fatores podem influenciar a perda de urina durante o sono depois dos cinco anos de idade. Entre eles, podemos destacar: 1) retardo na maturação neurológica, responsável pelo controle dos esfíncteres; 2) baixa concentração do hormônio antidiurético vasopressina durante a noite, o que faz o volume de urina ser maior do que a capacidade de armazená-la na bexiga; 3) sono tão pesado que impede a criança de responder ao sinal de bexiga cheia; 4) hereditariedade: o risco de a criança desenvolver o distúrbio aumenta em 40% se um dos pais apresentou enurese na infância. Se ambos apresentaram, a probabilidade sobe para 80%.

Tratamento

As opções de tratamento variam de acordo com as características e necessidades de cada paciente. Como a criança pode adquirir espontaneamente o controle da micção, alguns pais preferem dar tempo para que isso aconteça, desde que seja não exista uma causa orgânica para o problema.

A vantagem do tratamento é que ele acelera o processo de cura, uma vez que o fato de fazer xixi na cama depois dos 5 anos pode representar um golpe duro na autoestima da criança. Em muitos casos, ela se torna arredia, não aceita convites dos amigos para dormir fora de casa, não viaja com os colegas da escola. A enurese noturna pode até interferir negativamente em seu desempenho escolar.

Faca uma consulta imediata com o psicologo para que os fatores emotionais tambem sejam avaliados. Alguns medicamentos promovem bons resultados no controle a enurese noturna, porque ajudam a reduzir a produção de urina. No entanto, só devem ser prescritos pelo médico que acompanha o paciente por causa dos efeitos adversos que podem promover.

Recomendações

Primeiro, faça seu filho beber bastante água durante o dia para que seu cérebro comece a reconhecer a sensação de bexiga cheia, mas evite que ingira líquidos à noite, nem mesmo aquele copinho de leite;. Depois, insista para que fazer xixi seja o último compromisso da criança antes de ir para cama e o primeiro ao levantar-se. Também fique atento a criança que volta a fazer xixi na cama, depois de superada essa fase. Ela pode estar emocionalmente insegurança por causa do nascimento de um irmão, problemas na escola ou conflitos na família.

To Top