O sonho do passaporte europeu? Cresce no Brasil pesquisa de ancestrais para pedido de cidadania europeia - Brasil News
Mundo

O sonho do passaporte europeu? Cresce no Brasil pesquisa de ancestrais para pedido de cidadania europeia

Digitalização de dados do Arquivo Nacional facilita caminho

para a conquista do passaporte europeu

 

Brasileiros com descendência de estrangeiros terão acesso a dados dos antepassados que desembarcaram no Brasil no fim do século 19. Não somente no Canada, mas no Brasil também é fácil de conhecer alguém que tem um ‘pé’ no exterior. Brasileiríssimos como Silva e Santos têm origem portuguesa. Por isso que milhões de brasileiros têm a chance de solicitar reconhecimento de nacionalidade de outros países, principalmente de países europeus – que são nações que dão direito à cidadania aos descendentes nascidos em território estrangeiro.

O Arquivo Nacional lançou recentemente na sede no Rio de Janeiro, a base de dados “Entrada de Estrangeiros no Brasil: As relações de passageiros desembarcados no porto do Rio de Janeiro”, projeto com apoio da Associação Cultural do Arquivo Nacional e beneficiada com recursos do BNDES.

No ano passado, a pesquisa de ancestrais para pedido de cidadania cresceu 50%. É o principal motivo de consultas no Arquivo Nacional e agora a consulta ficou bem mais rápida. Em dois anos de trabalho, o órgão digitalizou os registros de chegada de estrangeiros no porto do Rio de Janeiro de 1875 a 1910. As informações foram passadas para o computador e agora estão disponíveis para pesquisa por palavra-chave na Internet.

Segundo Ismênia de Lima Martins, professora da Universidade Federal fluminense e idealizadora do projeto, essa documentação está a serviço da pesquisa probatória, que vai subsidiar a obtenção de direitos individuais, de família, de propriedade e de cidadania.

No fim do século 19 e início do século 20, o porto do Rio de Janeiro era porta principal de entrada no Brasil. Naquele período, cerca de dois milhões de imigrantes vieram para ficar. Na época, o desembarque de cada um deles era anotado à mão.

O Arquivo Nacional busca patrocínio para dar continuidade à pesquisa a lista com a continuidade do processo de digitalização dos registros de imigrantes que desembarcaram no Brasil de 1911 a 1963.

 

O endereço eletrônico do Arquivo Nacional é o arquivonacional.gov.br

 

 

To Top