Tecnologia

Jogadores de ‘Pokémon Go’ tentaram invadir base militar canadense

pokemon-base-militar-g1

A partir de agora, os jogadores teimosos que forem pegos dentro das bases militares podem até serem presos

Foto: Divulgação/Real Força Aérea do Canadá

As Forças Armadas do Canadá proibiram que jogadores de “Pokémon Go” utilizem o aplicativo dentro das bases militares do país. A decisão foi oficializada nesta quarta-feira, 17, após vários “caçadores” tentarem entrar nas bases em busca das criaturinhas sem autorização.

De acordo com a emissora CBC, uma das áreas invadias foi a base aérea 22 Wing North Bay, que abriga um centro de inteligência militar e é responsável por monitorar as aeronaves que se aproximam do espaço aéreo dos Estados Unidos.

A partir de agora, os jogadores teimosos que forem pegos dentro das bases militares podem até serem presos, afirma um porta-voz do Ministério da Defesa. Até o momento, nenhum “caçador” foi detido.

To Top