Escola abre as portas para estudantes e imigrantes que buscam fluência no idioma assistindo a filmes - Brasil News
Educação

Escola abre as portas para estudantes e imigrantes que buscam fluência no idioma assistindo a filmes

Para ajudar você a vencer esse desafio, uma escola de inglês de Toronto usa o cinema para que alunos e imigrantes compreendam melhor o idioma de Shakespeare vendo filmes

S

e você dedicou meses e anos ao estudo do idioma inglês e após desembarcar no Canadá cometeu alguma gafe devido à dificuldade no entendimento da língua, não se preocupe. Ser fluente em qualquer outro idioma it’s not a piece of cake.

Para ajudar você a vencer esse desafio, uma escola de inglês de Toronto usa o cinema para que alunos e imigrantes compreendam melhor o idioma de Shakespeare vendo filmes.

E somente para lembrar que a palavra ‘cake’ mencionada acima vai além da tradução literal para ‘bolo.’ Quando ouvimos piece of cakealguém quis dizer que está diante de uma situação fácil ou algo de ser conquistado. Expressão iguais a essa são bastante comuns no cinema.

Ao lado: “O context do filme ajuda muito a entender o idioma”, diZ Arash Khabbazi

Ao lado: “O context do filme ajuda muito a entender o idioma”, diZ Arash Khabbazi

“Hoje os filmes usam uma linguagem bem espontânea”, afirma o professor de inglês, Brian Bowen – que criou o Movie Salon com o objetivo de tornar o blá blá blá dos diálogos vindos da tela do cinema em algo que é ‘piece of cake’.
É na Canadian Academic Success School que Bowen abre as portas para estudantes e imigrantes.

Quem frequenta o Movie Salon busca ‘vencer’ o grande vilão das telas: o desafio de entender a gíria ou o diálogo comportado que os atores falam diante de situações engraçadas, perigosas e românticas.

O Movie Salon acontece às segundas e sexta-feiras e funciona assim: a cada 30 minutos de exibição do filme, as luzes são acesas para que o professor Bowen entre em cena e explique o significado de palavras e expressões idiomáticas que o aluno não entendeu.

Acima: Professor Brian Bowen responde dúvidas da platéia sobre palavras e expressões inglesas faladas no filme

Acima: Professor Brian Bowen responde dúvidas da platéia sobre palavras e expressões inglesas faladas no filme

“É uma grande oportunidade para saber mais sobre o idioma porque o context do filme ajuda muito”, afirma o professional em tecnologia, Arash Khabbazi, imigrante do Irã.

“Compreender expressões idiomáticas é mais difícil. O aluno conhece o significado das palavras, mas ele não sabe o que as mesmas signigicam quando aparecem juntas”, disse Bowen.

Bowen ensina ingles há mais de 30 anos. Ele é dono da Canadina Academic Success School e é professor do Seneca College, além de já ter ensinado o idioma também no Japão por dois anos.

To Top