Plano de ação é lançado para estimular a imigração francofônica fora de Quebec - Brasil News

Brasil News

Imigração

Plano de ação é lançado para estimular a imigração francofônica fora de Quebec

 O plano de ação busca envolvimento maior de empregadores e comunidades

para expandir imigração de língua francesa no Canadá

Os ministros federais, provinciais e territoriais responsáveis ​​pela imigração e pela Francofonia canadense discutiram ações concretas para expandir a imigração francófona fora da província de Quebec. As iniciativas serão com base da experiência bem sucedida tomadas após o primeiro Fórum sobre Inmigração Francófona. O evento foi realizado ano passado em Nova Brunswick.

O ministro federal da Imigração, Refugiados e Cidadania, Ahmed Hussen, e a ministra da Cidadania e Imigração de Ontário, Laura Albanese, co-presidentes da reunião, ao lado de outros ministros provinciais e territoriais, anunciaram um novo plano de ação federal-provin

cial-territorial FPT para aumentar a imigração francófona para fora de Quebec. O Plano de Ação descreve as ações que os governos federal, provincial e territorial podem tomar individualmente ou em colaboração para aumentar a imigração francófona.

Segundo o governo canadense, as ações do plano de ação incluem:
· Promover a conscientização sobre oportunidades de imigração francófonas, vias de imigração e serviços para possíveis candidatos francófonos;
· Aumento do envolvimento dos empregadores no recrutamento e no emprego de imigrantes de língua francesa;
· Aumentar a disponibilidade, a sensibilização e a acessibilidade dos serviços de língua francesa; e

Foi também informado que o plano de ação apóia os seguintes resultados:
· Um número crescente de imigrantes de língua francesa que se estabeleceram no Canadá fora do Quebec;
· Aumento da taxa de participação dos imigrantes francófonos nos mercados de trabalho locais; e
· Aumento da taxa de participação de imigrantes francófonos em comunidades mais amplas e redes sociais.

Engajamento para ações conjuntas

 

A ministra dos Assuntos Francófonos de Ontário, Marie-France Lalonde; a ministra da Cidadania e Imigração de Ontário, Laura Albanese, e o ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá, Ahmed Hussen.

Os ministros comprometeram-se em desenvolver indicadores adequados e em promover a partilha contínua das melhores práticas para permitir o progresso contínuo ao longo do tempo. Foi decidido também que eles continuarão a compartilhar os resultados positivos entre si e com a comunidade.

Após o fórum, um simpósio será realizado com organizações comunitárias para atuar como um catalisador para o engajamento mais amplo das partes interessadas e estabelecer as bases para potenciais ações colaborativas dentro de cada jurisdição. O simpósio será organizado pela Conferência Ministerial sobre a Francofonia Canadense e ocorrerá no dia 22 de março em Calgary.

O Fórum Sobre Inmigração Francófona é uma oportunidade para os ministros da imigração federal e provincial e da Francofonia se reunirem e compartilharem ideias sobre como incentivar e promover a imigração francófona para as comunidades minoritárias francófonos no Canadá.

De acordo com o Acordo Canadá-Quebec, o Quebec assume plenamente a responsabilidade exclusiva pelo estabelecimento de níveis de imigração e pela seleção, francização e integração de imigrantes. Nas áreas sob sua responsabilidade, Quebec desenvolve suas políticas e programas, legisla, regula e define seus próprios padrões.

                                              Mobilizar comunidades e empregadores

“O governo federal está empenhado em ajudar a construir e sustentar comunidades minoritárias francófonas em todo o Canadá, em parte através da imigração francófona. O nosso encontro foi uma oportunidade para que possamos demonstrar liderança real através de nossas próprias ações e mobilizando outros – como empregadores e comunidades – para apoiar as orientações definidas no Plano de Ação FPT que estamos aprovando hoje “, afirmou o Ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania, Ahmed Hussen.

Segundo a ministra da Cidadania e Imigração de Ontário, Laura Albanese, a província de Ontário é o lar da maior população francófona do Canadá fora de Québec. Segundo ela, a província está empenhada em alcançar nosso objetivo de 5% de imigração francófona. “O plano de ação fortalecerá as vibrantes comunidades francófonos de Ontário e nos ajudarão a atender às necessidades do mercado de trabalho “.

Enquanto a ministra do Patrimônio Canadense, Mélanie Joly, disse que o compromisso com a Francofonia canadense está refletido nas ações. “A imigração francófona é parte integrante das medidas que estamos implementando para apoiar a vitalidade das comunidades minoritárias de língua francesa “.

A Francofonia de Ontário é forte, diversificada e inclusiva, segundo a ministra dos Assuntos Francófonos de Ontário, Marie-France Lalonde. A abordagem concreta descrita no Plano de Ação FPT que foi anunciado é um passo a frente no fortalecimento da nossa Francofonia em Ontário e em todo o Canadá “.

To Top